Quem desdenha…nem sempre quer comprar!

Recuperando o desdém pela euforia manifestada pelo governo quando Portugal começou a evidenciar sinais de correcção do défice “enoooorme” da balança comercial e respectivas implicações

A meio do ano embandeiravam em arco resultados agregados previsionais que escondiam muitas verdades.*

Agora, e com os dados finais pode constatar-se que o desdém fazia todo o sentido

* Entre os maiores e mais resplandecentes foguetes estava o facto do ouro de que os Portugueses se desfizeram estarem entre as maiores exportações

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s