Sempre a dar o exemplo…

Hoje fica-se a saber que há membros do governo que oneram mensalmente a sua factura ao país em €15.800 atribuídos a título de subvenções ao alojamento.Porquê?!?!

Por terem de se instalar em Lisboa?! Que se saiba nenhum outro profissional ao serviço do estado tem essa regalia (os juízes tinham -ou ainda têm – pelo visto). Muito menos na iniciativa privada (há excepções).

Já agora debrucemo-nos sobre a questão.

Ida para Lisboa. A razão para atribuição de subsídio assenta em diploma legal que data de 1980 que diz que “os encargos que deste facto resultam para os interessados, agravado pela rarefacção de habitações passíveis de arrendamento, justificam a concessão de habitação paga pelo Estado ou de uma compensação monetária”. Note-se: lei de 1980! Note-se ainda: rarefacção de habitações passíveis de arrendamento: em Lisboa?! Se não há mercado de arrendamento tratem de forjar um enquadramento legal para tal ou não são pagos para isso?!

Mais: não se gastaram milhões (e milhões) na construção de estradas?! Não se pagam milhões (e mais milhões) em rendas para concessionárias de auto-estradas?! Podiam dar o exemplo e utilizá-las. Há americanos que todos os dias fazem 600 km (ida e volta) em deslocações pendulares.

Mais ainda: não lhes são atribuídos carros de alta cilindrada, confortáveis e com motorista(s) pagos?!?!?!

Olhem para o que eu vos digo para fazer mas tentem não ver o que eu faço…

One thought on “Sempre a dar o exemplo…

  1. Pingback: Rendas mal bordadas – a saga continua… | acorda es(torpor)ado!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s