Agora(, que) Escolha…(?!)

Quem não se lembra daquele programa que muitas horas de entretenimento proporcionou e que passava ao início da tarde, de Segunda a Sexta-feira, na RTP2. Sim, aquele apresentado pela Vera Roquete, esse ícone do remoto e pouco cativante canal de televisão. Safavam-se o saudoso “Agora Escolha” e alguns jogos de futebol.

Pois bem, embora houvesse (quase) sempre um favorito que invariavelmente triunfava, não deixava de ser entusiasmante assistir à evolução do placard da votação. A contagem dos votos submetidos por telefone (aquele preto muito engraçado) ainda se repartiam entre Porto e Lisboa. Velhos tempos…

Todavia, era rara a vez em que a votação era disputada mas volta e meia lá se assistia a uma em que o resultado expectável se resolvia por uma margem menos esclarecedora.

É óbvio que assistir à evolução da votação era distracção que secundava as séries de desenhos animados que eram exibidas. Verdadeiros clássicos cuja existência perdura na memória das crianças da geração de 80. Decidir qual seria o vencedor não importava muito naqueles 30 minutos na mais pura das distracções…

…Faz-me lembrar os Portgueses dessa geração, mas já nos dias de hoje. Actualmente com mais responsabilidades, contudo distraídos a assisitir à rebaldaria que tem assolado a sociedade Portuguesa enquanto um grupo de amigos (confrades talvez) decide por eles os destinos do País…

Bem ou mal?! Não interessa…

Já era chegada a hora de começar a ligar, ou não?!

Anda tudo entorpecido…

Miguel Albuquerque (29/10/2010)

One thought on “Agora(, que) Escolha…(?!)

  1. Não era só desenhos animados……havia também a Roxana Banana!
    Agora este tipo de programa já não “cola”. É preciso poupar e as chamadas estão caras! (Ouvi dizer que me disseram que me tinham dito que estamos em crise.)
    Para além disto, referes-te a um tempo em que as pessoas achavam que o seu voto contava e que valia a pena tentar, mesmo quando o vencedor já estava, à partida, escolhido. Agora para vot…., enganei-me, para telefonar é preciso em troca a promessa de um carro. Não interessa bem qual o programa em que se vota! (Agora perdi-me, estamos a falar de televisão, certo?) Por fim, chego à conclusão que a culpa disto tudo é da TV por cabo. Com tanta oferta, é mais fácil, para a maioria, mudar de canal e ignorar o que se passa nos canais que não interessam.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s